Lixo tóxico em turnê mundial

22 outubro, 10:01

Esta semana eu fiquei sabendo que México, Holanda e Costa do Marfim têm muito em comum.
Isto é, muito lixo de uma certa empresa inglesa, que produziu esse lixo no primeiro, se recusou a pagar por um armazenamento adequado no segundo e o despejou no terceiro, sem muita cerimônia.

Milhares de africanos morreram ou adoeceram por causa dessa quantidade absurda de lixo e o parlamento inglês pouco fez para punir os responsáveis, mas o grupo Combatentes Armados para Retaliação Instigada por Crimes contra Africanos (ou Armed Fighter for Retaliation Instigated by Crimes against Africans, em inglês) já deu nota na mídia internacional dizendo que isso não ficar por isso mesmo, porque “o povo africano já sofreu demais nas garras imperialistas do norte” e que episódios como aquele são a “gota d’água”.

O presidente da Trafigura está desaparecido desde o pronunciamento do chefe do A.F.R.I.C.A. e todos os membros dessa organização estão proibidos de tentar entrar em qualquer país europeu.

E são considerados armados e perigoso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: